/ / / / História do arado de John Deere

História do arado de John Deere

O arado com o qual tudo começou

O arado de John DeereEm 1837, o nosso fundador, John Deere, era um ferreiro típico que fazia forquilhas, ferraduras e outros utensílios essenciais à vida no campo.

 

Um dia, uma lâmina de serra em aço partida fez com que tivesse uma ideia. Ele sabia que os agricultores perto da sua casa em Grand Detour, Illinois, tinham de interromper o seu trabalho para remover o solo pegajoso da pradaria dos seus arados de ferro fundido. Sabia também que o solo deslizaria facilmente por uma aiveca de aço altamente polida. O aço era escasso naquela região, pelo que Deere talhou uma aiveca a partir da lâmina usada.

 

Embora o arado original permitisse apenas fazer uma pequena parte do trabalho que os agricultores conseguem agora fazer com o equipamento moderno de preparação do solo, naquela época era uma tecnologia extremamente avançada. De acordo com o livro "John Deere's Company," da autoria de Wayne G. Broehl, Jr., o material que Deere utilizou não era a única coisa invulgar nos arados. A forma da aiveca era também diferente do habitual. "É basicamente um paralelogramo, curvo, de forma côncava. Deere deve ter pensado bastante sobre a forma, a curva especial da aiveca, já que os contornos precisos determinariam a perfeição com que o solo seria virado para baixo após o corte feito pela relha."

 

Deere testava constantemente os seus produtos e alterava o design com base nas sugestões dos clientes. A sua investigação foi recompensada e em 1849 o seu negócio prosperava: nesse ano, produziu 2000 arados.